Gestão de Pessoas e RH

5 erros muito comuns em treinamentos de novos funcionários

Avatar
Escrito por Seguridade

Muitos gestores acreditam que contratar o melhor candidato a uma vaga é o ponto alto de sucesso de um processo seletivo. Contudo, quem trabalha no setor de Recursos Humanos sabe muito bem que o processo não acaba com a assinatura da carteira de trabalho do novo funcionário. Os treinamentos de funcionários, afinal, compõem uma etapa fundamental para o sucesso do processo e a melhoria da equipe!

Pensando nisso, no post de hoje, apresentamos cinco erros comuns que as empresas cometem ao treinar funcionários. Será que algum deles acontece na sua empresa? Continue a leitura e descubra!

Confundir boas-vindas com treinamento

Muitas empresas confundem o processo de apresentação da empresa e das equipes que a compõem como parte de um treinamento introdutório. É válido lembrar que aquele profissional fará parte da rotina da empresa e, por isso, deve ser bem recepcionado.

Faça com que ele se sinta em sua segunda casa — apresente-o aos principais profissionais e às equipes com as quais ele terá contato direto, procurando ressaltar o que o novo profissional poderá agregar a elas. Apenas não se esqueça de que, apesar de importante, isso não se constitui em treinamento.

Apresentar a empresa no primeiro dia de trabalho

Todos sabemos que o primeiro dia de trabalho tende a ser estressante — por isso, é muito interessante se planejar para que as boas-vindas aconteçam antes do início das atividades do novo funcionário.

Pode parecer desperdício de tempo, e até prejuízo, liberar o novo funcionário somente após apresentá-lo às equipes — mas, na verdade, é um investimento na saúde psicológica do profissional contratado. O início efetivo de suas atividades tenderá a ser muito mais tranquilo e menos traumático.

Realizar treinamentos de funcionários durante a rotina

Apesar de uma falsa ilusão de otimização de tempo e economia, realizar os treinamentos de funcionários durante sua rotina de trabalho é uma ação delicada.

Antecipar esse treinamento para antes de iniciarem suas rotinas profissionais faz com que o novo colaborador tenha mais tranquilidade para assimilar os conhecimentos — e pode até agregar boas práticas nos processos que está aprendendo, devido à tranquilidade de ainda estar alheio da futura rotina de trabalho.

Portanto, prefira treinar os novos integrantes de sua equipe alguns dias antes de darem início a suas responsabilidades.

Não fornecer material informativo por escrito

Seja por falta de processos elaborados ou por excesso de demandas, boa parte das empresas acaba realizando os treinamentos de funcionários apenas de forma oral — no máximo, oferecendo um papel impresso ou arquivo digital com as regras internas.

Contudo, além do manual de condutas, é importante munir o novo profissional com informações por escrito sobre os processos rotineiros de seu cargo, assim como a sua lista de tarefas e contatos dentro e fora da empresa. Isso oferece maior autonomia ao novato, e evita o retrabalho de precisar explicar novamente o que já foi ensinado.

Exigir excelência de quem está começando

Não é difícil compreender que as expectativas com um novo profissional na empresa são grandes. Contudo, nem todo novo funcionário surpreenderá por seu desempenho — afinal, a cultura organizacional é nova para ele, assim como os processos do seu dia a dia.

Portanto, possibilitar que o novo funcionário domine suas novas responsabilidades em seu próprio tempo é uma prática humana. Principalmente durante o período de experiência do recém-contratado, procure auxiliá-lo — forneça todas as ferramentas para o  seu sucesso e ajude-o a eliminar obstáculos, até mesmo de relacionamento interpessoal.

Todas essas dicas apoiam-se no pressuposto de que a capacidade técnica do profissional foi bem avaliada durante a sua seleção. Portanto, evitar cometer esses erros facilitará no processo de adaptação do funcionário — e possibilitará a você fazer dessa contratação um sucesso.

Você reconheceu algum desses erros cometidos no seu dia a dia? Percebeu como eles podem ser prejudiciais aos treinamentos de funcionários? Tem outras dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Deixe seu comentário e conte pra gente!

 

Sobre o autor

Avatar

Seguridade

A Seguridade é uma empresa consolidada no mercado, atendendo toda a região Sul do país e o estado de São Paulo, nos tornamos referência nos segmentos de segurança privada, limpeza e conservação, jardinagem, bombeiros industriais, serviços de rh e outros serviços.

Deixar comentário.

Share This