Processos de RH

Faça uma boa gestão de fornecedores de RH em 5 passos

faca-uma-boa-gestao-de-fornecedores-de-rh-em-5-passos.jpeg
Escrito por Seguridade

Ninguém ousará discordar de que uma boa gestão de fornecedores de RH é um dos elementos cruciais para o sucesso de uma empresa.

Por essa razão, o profissional responsável pela gestão do RH tem grande responsabilidade e suas decisões podem e devem contribuir diretamente para o crescimento do negócio e para o alcance de resultados positivos.

Contudo, diversos são os desafios enfrentados nesse setor, de modo que selecionamos 5 passos para ajudar você a fazer uma boa gestão de fornecedores. Continue a leitura e descubra!

1. Invista num software de gestão

Um software de gestão vale cada centavo investido, pois por meio dele será possível organizar todos os processos internos e visualizar com facilidade cada etapa atingida, ou cada meta pendente.

Os softwares ajudam ainda a controlar prazos, contatos e históricos de pedidos, sendo imprescindíveis no meio empresarial, especialmente no setor de RH, que lida com tantas informações e fornecedores diferentes.

2. Alinhe expectativas

É fundamental definir objetivos, estabelecer metas e prazos, verificar se o fornecedor é capaz de atendê-las, e entender os mecanismos de logística de cada um.

Dessa maneira, muitos aborrecimentos serão evitados, assim como contratações infrutíferas que não estejam em consonância com o planejamento da empresa e do RH.

Atenção especial merecem os setores de recrutamento e seleção, mapeamento de competências, e treinamento e desenvolvimento, já que dessas áreas serão selecionados e aperfeiçoados todos os integrantes do quadro de funcionários.

3. Mantenha um relacionamento próximo

É preciso conquistar e manter um canal de comunicação aberto com os fornecedores, para que seja possível fazer ajustes, quando necessários, e solucionar problemas de forma rápida e eficiente.

Para isso, um clima amistoso e de cooperação deve ser estabelecido, visando uma parceria genuína e benéfica para ambas as partes.

Conhecer nominalmente cada um dos colaboradores e enviar felicitações pelo aniversário, por exemplo, são alguns dos fatores que constroem esse relacionamento mais próximo.

4. Faça um cadastro completo de fornecedores

Para que as relações com os fornecedores de RH sejam lucrativas é interessante que o gestor mantenha um registro atualizado com as cotações de cada um dos profissionais, de forma que ele tenha subsídios para comparar o custo-benefício, avaliar a logística, e tomar decisões mais acertadas.

É comum que os preços e cotações variem de tempos em tempos, de modo que devem ser realizadas constantes análises dessas informações, já que a atualização de dados pode representar a economia de gastos e o consequente aumento dos lucros para a empresa.

5. Diversifique os fornecedores

A despeito de todas as dicas sugeridas não é recomendado ficar dependendo de fornecedores exclusivos para as diversas necessidades que existem dentro de um RH.

Não é possível que uma empresa séria fique à mercê de um fornecedor e sofra com imprevistos e falhas na prestação do serviço.

Levar em conta essas possibilidades e antecipar as soluções é uma medida altamente recomendada para que a gestão possa fluir com a tranquilidade esperada, e para que os objetivos sejam alcançados.

Agora que você já sabe os 5 passos para uma boa gestão de fornecedores de RH, siga-nos no Facebook e fique por dentro de todas as nossas novidades!

 

 

Sobre o autor

Seguridade

A Seguridade é uma empresa consolidada no mercado, atendendo toda a região Sul do país e o estado de São Paulo, nos tornamos referência nos segmentos de segurança privada, limpeza e conservação, jardinagem, bombeiros industriais, serviços de rh e outros serviços.

Deixar comentário.

Share This
Navegação