Gestão de Pessoas e RH

A Inserção de Jovens Talentos no Ambiente Organizacional

Os jovens
precisam de uma oportunidade para iniciar no mercado de trabalho. A empresa
disposta a contratar jovens talentos está desempenhando um importante papel
para a sociedade, permitindo encontrar pessoas com vontade de aprender,
proporcionando crescimento pessoal e profissional.

Conhecendo a Geração Z

Os jovens
nascidos no final da década de 90 compõem a geração Z, que tem como principal
característica a grande familiaridade com a tecnologia, realizando e encarando
tarefas de maneira mais rápida e simplificada, capaz de trabalhar
remotamente, demonstrando facilidade em trabalhar individualmente e com poder
de autonomia.

O principal motivo para eles trabalharem numa
organização é perceber que estão aprendendo e que têm oportunidade de se
desenvolver, buscam a satisfação e a motivação no que realizam.

Um dos
maiores desafios das organizações é saber lidar com esses jovens. Essa nova
geração se caracteriza pela busca da sua valorização diante do empregador,
casos em que esta situação não ocorra pode vir a manifestar interesse por novas
oportunidades no mercado de trabalho. Podem agir de maneira diferente dos
profissionais de outras gerações, tendo uma visão muito clara do que querem,
buscando a autorrealização, priorizando o contentamento com a vida profissional
sobre a remuneração, desenvolvendo um raciocínio mais profundo e concluindo o
trabalho com mais rapidez.

Como proporcionar a interação entre as diferentes
gerações no ambiente de trabalho?

A
interação entre gerações diferentes pode trazer resultados que nunca seriam
obtidos de outra maneira.  Porém, para
que essa vantagem se consolide, a empresa precisa estimular a boa convivência e
redução de atritos, especialmente quando as distâncias de idade são maiores.

A gestão
da empresa, em parceria com o setor de Recursos Humanos, tem o desafio de
compreender as necessidades de cada grupo de gerações com o objetivo de elevar
a produtividade e ainda reter talentos.

O que as empresas esperam dos jovens talentos?

Com o passar dos anos, os critérios
para a contratação de jovens foram mudando, ao investir e desenvolver o jovem, a
empresa espera que este permaneça na organização por muito tempo e que possam
crescer juntos.

As organizações com plano de carreira geralmente estão mais à procura de pessoas com habilidades comportamentais, que sejam criativos, tenham visão crítica, capacidade de argumentação, liderança, flexibilidade, capacidade de trabalhar em equipe, espírito empreendedor e habilidade para tomar decisões.

Percebe-se
que estão surgindo novos desafios no ambiente de trabalho, cada vez mais
competitivo, com isso, a comunicação entre empresa e jovem é fundamental cabe a
cada um buscar uma aproximação que atenda às expectativas de ambas as partes.

Porque
contratar jovens talentos?

Uma
empresa precisa se diferenciar no mercado para atrair novos talentos, diante disso
os jovens oferecem disposição e vontade de apreender para encarar desafios,
contribuindo com novas habilidades e diferentes perspectivas na execução de tarefas.

Ao
iniciar no mercado de trabalho os jovens não possuem vícios adquiridos em
outras empresas, verificando-se melhor capacidade de adaptação na organização.

Ter a
possibilidade de preparar o jovem ao longo da sua trajetória para que assuma
responsabilidades maiores e tenha poder de decisão no futuro, ajuda a fugir de
contratações equivocadas.

O
estagiário de hoje pode ser o contratado de amanhã. O estágio favorece a
formação de um novo profissional, é um ótimo teste para selecionar quem se
identifica com a cultura da empresa.

Ser
reconhecida como uma organização que oferece oportunidades para jovens talentos
contribui para a construção de uma boa imagem. A sociedade entende os programas
de estágio como uma maneira da companhia ajudar a formar novas gerações, porém,
é essencial que esses programas sejam pautados pela seriedade e valorização dos
jovens, ou seja, que tenha um propósito.

Como atrair e reter jovens talentos

Atrair e manter talentos é o grande desafio da
gestão de pessoas, esses jovens têm muitos pontos de contato através das redes
sociais, com isso acabam dispersando, surgindo muitas oportunidades no mercado
de trabalho. Por conta da ansiedade e
imediatismo pode vir a existir redução e comprometimento, resultando em busca
de novas oportunidades de trabalho.

Diante desta situação o desafio da gestão está
em identificar a pessoa certa para o lugar certo, estando atendo as seguintes situações:

Transparência na seleção

A comunicação entre pessoas e empresas está mais conectada do
que nunca, quem não apostar na transparência vai sentir
impactos em sua empregabilidade. O recrutador deve ser bem claro quanto as
informações no processo de seleção, expondo
ao
candidato como é a cultura da empresa, suas principais atividades e o que a
empresa espera do jovem.

Entenda o que os jovens procuram

Os jovens estão cheios de sonhos, buscam encontrar
organizações que sejam capazes de oferecer boas oportunidades, procurando por
algo além da estabilidade financeira ou profissional. A juventude vai atrás de
algo capaz de fazer sentido, um lugar onde se sinta parte e tenha o alinhamento
entre a cultura corporativa e os seus valores pessoais.

É muito
importante ouvir o que o jovem espera, suas expectativas com relação a empresa
e suas atividades.

Diferenciais da empresa

Em um cenário tão competitivo, é preciso ter
um diferencial, possuir algo em que você se destaque e consiga atrair a atenção
do mercado. É muito importante falar sobre o que a empresa tem a oferecer aos seus
colaboradores, seja nos benefícios oferecidos até mesmo nas oportunidades que a
empresa proporciona para a carreira profissional.

Ambiente de trabalho

O trabalho vai ocupar uma boa porcentagem na
vida da pessoa, por isso é extremamente importante que a pessoa se sinta bem
nesse ambiente.

Os jovens
valorizam ambientes analíticos, ambientes de trabalho mais livres, sem muitas
regras.

Agilidade nos resultados

Os jovens
buscam resultados rápidos, valorizando ambientes competitivos com foco em
resultados.

Dicas para reter a Geração Z

  • Tornar possível o diálogo;
  • Realizar feedbacks;
  • Favorecer a troca de experiência;
  • Investir na qualidade de vida;
  • Motivar o colaborador;
  • Criar um plano de educação corporativa;
  • Conceder autonomia;
  • Apresentar outras possibilidades e chances de realização das atividades;
  • Oferecer oportunidades de crescimento;
  • Valorizar o bom desempenho;
  • Investir em inovação e tecnologia;
  • Apostar na equipe.

Esse texto foi escrito por Katiane Criminácio – Coordenadora de RH da Seguridade RH.

Sobre o autor

Seguridade

Seguridade

A Seguridade é uma empresa consolidada no mercado, atendendo toda a região Sul do país e o estado de São Paulo, nos tornamos referência nos segmentos de segurança privada, limpeza e conservação, jardinagem, bombeiros industriais, serviços de rh e outros serviços.

Deixar comentário.

Share This