Processos de RH

Conheça 7 segredos sobre treinamento de funcionários

conheca-7-segredos-sobre-treinamento-de-funcionarios.jpeg
Escrito por Seguridade

O guru de gestão, Jim Collins, diz que é fundamental colocar as pessoas certas no barco, depois você se preocupa com qual função elas exercerão. A mensagem principal é entender que as empresas são diferentes e, por isso, não adianta procurar profissionais prontos no mercado, pois sempre será necessário treiná-los de acordo com a cultura corporativa e modo de agir da organização. Elaboramos a seguir os 7 segredos principais sobre como treinar o seu time, fazendo com que o seu barco navegue conforme desejado. Confira!

1. Conheça o seu time

Todo treinador precisa conhecer o seu time antes de definir a escalação. É fundamental que você conheça bem cada um dos membros da sua equipe, saiba os seus pontos fortes, fracos e, principalmente, os pontos que você acredita serem necessários reforçar. Não crie um calendário de treinamento padrão que não leve em conta as particularidades de cada um, pois eles sentirão isso e, assim, não darão a devida importância aos seus treinamentos.

2. Tenha consistência e conteúdo

Palestras, eventos isolados e participação em workshops, congressos e seminários não são considerados treinamentos. Treinamentos são precedidos por planejamento, cronograma, metas e, principalmente, por duas palavras mágicas: consistência e conteúdo. É preciso ter consistência, que é a noção de continuidade e entendimento da formação das pessoas por meio da didática e da capacidade de absorção de conhecimento e, é claro, possuir conteúdo sólido, abrangente e com viés prático.

3. Planejamento

Por mais surpreendente que seja, a empresa referência em treinamento e capacitação de funcionários é a Disney. Sim, aquela mesma, do Mickey e dos seus famosos parques de diversões. A Disney se tornou referência em duas áreas da gestão: o atendimento ao cliente, fundamental para a sua atividade de parques de diversões, e o treinamento de pessoal, a espinha dorsal para quem almeja ser referência em atendimento ao cliente.

Os treinamentos realizados pela Universidade Disney para os seus funcionários nunca são feitos de última hora. O material didático é preparado com antecedência e a sala está sempre pronta para receber os treinandos, pelo menos no dia anterior. Não existe correria nem improvisos.

A ideia por trás disso tudo é a mais simples possível: se você quer que as pessoas deem importância, trate-as com a devida importância. Por isso, é fundamental planejar!

4. Tempo

O tempo gasto com treinamento é fundamental e deve ser bem dimensionado e respeitado. Lembre-se: as pessoas possuem diversas outras atividades, sejam profissionais ou pessoais, de modo que, se você não quer que seus funcionários saiam da sala para atender telefone, realizar ligações ou resolver aquele probleminha de última hora, respeite o tempo previsto para o treinamento. É importante também lembrar que a pontualidade, não somente em finalizar o treinamento, mas também ao dar início às atividades, é extremamente importante.

5. Estrutura

Não adianta percorrer todas as etapas anteriores, se na hora de realizar o treinamento, a sala em que você colocou 100 pessoas não tem capacidade de deixá-las à vontade.

A estrutura deve ser parte do seu planejamento e interfere significativamente nos resultados. Não adianta ter o melhor material didático, com apresentações modernas, ágeis e dinâmicas, se na “hora H” a cor está estranha, a sala está muito escura, ou se ninguém consegue ficar no ambiente sem enxugar o suor na testa.

6. Treinador

É fundamental que o responsável por ministrar o treinamento esteja no mesmo nível do seu planejamento, ou seja, que ele se prepare com antecedência, pesquise sobre o público, entenda sobre os objetivos e metas do treinamento.

Improviso é para stand up comedy, e não para treinamentos empresariais. Por isso, é fundamental que o treinador gaste algum tempo revisando os materiais e se preparando. Acerte a linguagem e a abordagem previamente para evitar constrangimentos e, principalmente, para garantir a eficiência do seu treinamento.

7. Seriedade x Descontração

A seriedade não é inimiga da descontração, mas sim da bagunça. Por isso, crie um ambiente leve e descontraído, o que não significa que acontecerão atrasos, improvisos ou “gambiarras”. Lembre-se que o treinamento é fundamental para que a empresa consiga atingir os seus resultados e que as horas e os custos realizados aqui são um grande investimento, que precisam retornar de alguma maneira.

O que achou deste post? Algumas dessas ações já são praticadas em sua empresa? Comente!

 

Sobre o autor

Seguridade

A Seguridade é uma empresa consolidada no mercado, atendendo toda a região Sul do país e o estado de São Paulo, nos tornamos referência nos segmentos de segurança privada, limpeza e conservação, jardinagem, bombeiros industriais, serviços de rh e outros serviços.

Deixar comentário.

Share This
Navegação