Segurança e Limpeza

Saiba como o perfil do profissional de segurança deve ser

Escrito por Seguridade

Ter segurança em casa e no trabalho é algo ainda mais necessário no contexto atual, em que roubos e furtos estão cada vez mais frequentes. Por esse motivo, tem sido praticamente obrigatório contar com recursos como circuito interno de monitoramento, cercanias, sensores de barreiras etc.

No entanto, o suporte humano ainda é indispensável. Contratar um profissional de segurança é uma forma de cercar-se melhor contra ataques de criminosos. Com habilidades específicas desse tipo de profissional, ele consegue ser preventivo e, também, ser ágil durante uma possível situação de risco.

Então, a pessoa a ocupar esse posto precisa ser selecionada com muito rigor. Afinal, zelará pela segurança de todos que trabalham ou residem no local. Portanto, o processo seletivo para esse cargo deve ser rigoroso. É preciso avaliar com bastante critério as características, e identificar as habilidades básicas do candidato à vaga.

Está em um processo e precisa conhecer melhor o perfil do profissional de segurança? Leia este artigo até o fim, porque vamos citar as principais características e, com certeza, ajudaremos você a fazer um bom recrutamento.

Disciplina e responsabilidade

A profissão só pode ser exercida por pessoas que conseguem ser responsáveis e disciplinadas. A jornada de trabalho é extensa e, geralmente, monótona. Mesmo assim, é necessário manter a postura em alerta a todo o tempo.

Além dessa disciplina, é importante que esse profissional tenha responsabilidade com os procedimentos. Zelar pelo cumprimento de todas as regras é fundamental, já que foram instituídas para garantir a segurança.

Para avaliar essa competência, você precisa questionar o candidato, mas também checar a postura e o desempenho do mesmo em experiências anteriores.

Atenção e boa memória visual

É imprescindível que esse profissional tenha atenção ao movimento, circulação de pessoas, comportamentos comuns ou estranhos, e a todas às situações cotidianas. Também é essencial ter uma boa memória visual, para poder identificar com clareza as fisionomias ou placas de carro, por exemplo. Desde janelas abertas (quando deveriam estar fechadas) até horários de chegada de funcionários, nada pode passar despercebido ao olhar dele.

Para checar se o candidato à vaga tem essas características, realize testes funcionais capazes de avaliar a atenção e a memória visual. É importante, também, questioná-lo sobre essas habilidades e, se possível, pedir exemplos de situações em que ele conseguiu comprová-las.

Sigilo e discrição

O profissional de segurança deve ser discreto quanto aos dados sobre os clientes e o lugar onde trabalha. É arriscado divulgar informações como o patrimônio ou a rotina do prédio, assim como falar sobre as tecnologias utilizadas para prover a seguridade do local. Tudo isso deve ser mantido em sigilo, para não atrair os mal-intencionados.

Podemos identificar logo na própria entrevista aquelas pessoas que não são sigilosas e discretas. As que têm o perfil mais extrovertido e que falam muito são mais propensas a cometer esses deslizes dentro e fora do ambiente de trabalho. Durante a contratação, priorize pessoas mais introvertidas, que falam pouco e são discretas.

Cordialidade e simpatia

Uma vez que a convivência com os públicos interno e externo será constante, ser cordial e simpático vai contribuir para o bem-estar de todos. Além disso, o profissional precisa garantir que as pessoas sigam procedimentos básicos para a segurança.

Nesse caso, ele precisa saber agir sem ser arrogante ou rude. Saber dizer não, com essa postura, é uma característica importante até para que as pessoas se sintam mais à vontade cumprindo os processos corretamente.

Perceber isso na entrevista não é tão difícil. A qualquer indício de arrogância, autoritarismo ou brutalidade por parte do candidato, é fácil deduzir que ele manteria essa postura, também, com os clientes. Mas, por via das dúvidas, simule situações em que ele teria de negar alguma autorização, por exemplo, e analise como ele se sairá.

Boa comunicação

A boa comunicação também tem que fazer parte do perfil do profissional de segurança. Significa saber se expressar bem na escrita e na fala — e é importante que esse funcionário o consiga. É algo que transmite credibilidade e, se ele não souber se comunicar bem, é possível que os clientes não confiem nele para o serviço.

Para identificar se o candidato tem essa boa comunicação, preste muita atenção à maneira como ele se apresenta durante a entrevista. Mas aplique, também, uma prova escrita para que consiga avaliar por essa forma.

Boa apresentação

Mesmo que geralmente ele trabalhe de uniforme, o perfil do profissional de segurança também exige uma boa apresentação. Afinal de contas, ele estará na recepção e em constante contato com as pessoas. E estamos falando tanto do modo de se vestir quanto da higiene, da postura e de como se direciona ao público.

Extravagâncias em cortes de cabelo, uso constante de gírias e falta de controle no tom de voz também são características negativas nesse sentido. Portanto, durante entrevistas, observe a forma como cada candidato se porta e se veste, bem como a higiene, porque ele dividirá o espaço de trabalho com outras pessoas.

Capacidade de reação

É comum algumas pessoas ficarem afobadas ou travarem em situações de risco. No entanto, nesses casos, profissionais da segurança devem ser capazes de manter a calma e seguir com os procedimentos básicos. Essa habilidade é uma das mais importantes, porque são nesses momentos em que mais precisamos da demonstração de competência de um profissional dessa área.

Nas entrevistas, sempre questione sobre a agilidade e a temperança do candidato. Procure conhecer situações anteriores que ocorreram a essa pessoa, em que ela conseguiu reagir bem, e suas demais atividades que podem dar indícios de que ela tenha boa capacidade de reação.

Capacitação profissional

Um profissional de segurança capacitado por uma escola que oferece o que há de mais moderno em técnicas e táticas de segurança privada tem mais valor no mercado de trabalho. Isso porque os cursos oferecidos contam com instrutores capacitados e credenciados por órgãos credenciados, credenciado e fiscalizados pela polícia federal.

Para finalizar, vale a pena reforçarmos que o processo seletivo para esse cargo é bastante criterioso. Por isso, leve em consideração todas as características que citamos neste post!

Ainda aconselhamos a contratação de uma empresa terceirizada para fazer esse procedimento que requer tantos cuidados. Assim, você contará com uma equipe competente e capaz de identificar o perfil do profissional de segurança com confiabilidade. A vigilância patrimonial merece um cuidado especial, então, não pode ser tratada como qualquer outra demanda de contratação.

Agora que você já sabe qual é o perfil do profissional de segurança ideal, aprofunde-se mais e baixe o nosso e-book com o passo a passo para montar um processo seletivo.

 

Sobre o autor

Seguridade

A Seguridade é uma empresa consolidada no mercado, atendendo toda a região Sul do país e o estado de São Paulo, nos tornamos referência nos segmentos de segurança privada, limpeza e conservação, jardinagem, bombeiros industriais, serviços de rh e outros serviços.

Deixar comentário.

Share This