Segurança e Limpeza

Como fazer uma gestão de segurança privada eficiente?

Escrito por Seguridade

Proteger o patrimônio da empresa faz parte da missão e da rotina do (a) gestor (a), mas como realizar esse processo de maneira eficiente? Sendo o Brasil um dos países mais inseguros do mundo — segundo a pesquisa Social Progress Index 2017 —, como evitar danificações, roubos e furtos que podem prejudicar o andamento do negócio?

A segurança privada envolve diversas práticas e técnicas, além disso, esse assunto é muito sério. Afinal, estamos falando da proteção dos ativos de uma empresa. Dessa forma, para garantir a eficiência da segurança no empreendimento, é fundamental contar com uma fornecedora especializada no serviço.

Quer saber como fazer uma gestão de segurança privada que realmente funcione? Então acompanhe este post e confira!

O que é gestão de segurança privada

A gestão de segurança privada pode ser compreendida como a avaliação, o planejamento, o monitoramento e a revisão dos processos de segurança na empresa, com o objetivo de alcançar melhorias contínuas, além das metas e dos objetivos estabelecidos. Em suma, esse sistema busca o aperfeiçoamento dos processos de segurança do negócio.

Um plano de segurança privada pode incluir o uso de dispositivos eletrônicos, vigilantes especializados, veículos, cães adestrados e demais procedimentos que protegem e garantem a integridade do patrimônio de uma corporação.

Para que o negócio em questão disponha de um ambiente seguro para a realização de suas atividades corriqueiras, os profissionais que resguardarão os seus bens devem ser capacitados por uma empresa habilitada.

Isto é, para prestarem serviços na área de segurança, esses especialistas precisam estar relacionados a uma empresa que esteja de acordo com as normas definidas pelo Ministério Público (MP) e Polícia Federal (PF).

Como realizar o planejamento da gestão de segurança privada

Para elaborar um planejamento eficiente para a gestão de segurança privada em sua empresa, é preciso, inicialmente, identificar e descrever as etapas da segurança de maneira gráfica, para facilitar o entendimento.

O detalhamento gráfico possibilitará a visualização dos principais processos envolvidos, evidenciará os pontos críticos que merecem atenção e auxiliará você, gestor (a), a tomar decisões acertadas durante os planejamentos.

Uniformizar os processos de segurança é o próximo passo após o mapeamento gráfico. Em seguida, o ideal é distinguir, fomentar e propagar internamente novas práticas e metodologias referentes à segurança patrimonial.

Logo depois, monitorar e avaliar o desempenho das novas medidas adotadas é fundamental para detectar pontos que necessitam de reparos para a eficiência da gestão de segurança privada na empresa.

Como a tecnologia pode ajudar

A tecnologia pode ser uma boa aliada na gestão de segurança privada na sua empresa. Isso tudo devido ao aparecimento de novos sistemas e ferramentas que estão cada vez mais hábeis para oferecer soluções adequadas aos diversos obstáculos modernos.

Dessa forma, veja abaixo de quais maneiras a tecnologia pode facilitar a gestão da segurança privada.

Prevenção de riscos

A tecnologia já é bastante utilizada por empresas para a prevenção de situações de risco e incidentes, pois ela permite reconhecer anormalidades no ambiente de forma automática. O uso de sensores e análise inteligente de vídeo são dois exemplos de equipamentos tecnológicos exemplares para tal fim.

Entretanto, o mais comum nas corporações para evitar a ação de criminosos, é o uso de câmeras e ferramentas para controle de acesso.

Eficácia operacional

Com o investimento em serviços tecnológicos e inteligentes de segurança, o negócio terá melhores condições para focar os seus esforços nas áreas estratégicas, pois haverá uma diminuição da demanda por profissionais especializados nesse setor.

Sistemas e equipamentos modernos de segurança possuem autonomia para atender eventuais contratempos e acionar alertas em situações que fujam da normalidade. Ao utilizar essas ferramentas tecnológicas, as chances de erros e o risco de falhas humanas são diminuídos, zelando, assim, pela integridade física da empresa.

Monitoramento remoto

Atualmente, há no mercado uma série de soluções tecnológicas para segurança de empresas que permitem o monitoramento de forma remota e eficaz. Por meio de um computador ou dispositivo pré-configurado, por exemplo, é possível espiar as imagens fornecidas por esse sistema.

Além disso, com o uso da tecnologia, uma equipe terceirizada consegue acompanhar a rotina da empresa para, então, detectar e intervir nos eventos de risco e pontos de segurança que precisam ser ajustados.

Já existem várias opções de aplicativos e programas de monitoramento à distância. Vale a pena conhecê-los e escolher aquele que possui funcionalidades tecnológicas que permitem que você atenda às necessidades de segurança do seu negócio.

Qual a importância de pessoal capacitado

Apesar das facilidades que as soluções tecnológicas proporcionam, para que a segurança privada da sua corporação seja eficiente, é fundamental contar com uma equipe capacitada para o serviço.

Antigamente, o serviço de segurança era visto apenas como a imagem do vigilante na empresa, porém, com o aumento da criminalidade no país, fica evidente a importância de contar com profissionais realmente preparados para lidar com eventos de risco.

Para que o seu negócio contrate profissionais verdadeiramente experientes e especializados nos procedimentos de proteção e gerenciamento de equipamentos e instalações, o indicado é buscar pela terceirização desse serviço.

Com a terceirização, além da considerável redução de custos administrativos e trabalhistas, o empreendimento contará com uma equipe que teve acesso a um treinamento apropriado para a função e, também, que atende às regulamentações do MP e da PF.

Outro aspecto interessante e favorável da terceirização do serviço de segurança é que os colaboradores fixos da contratante terão mais tempo para se preocupar com o que realmente é importante para a lucratividade do negócio. Ou seja, a terceirização da segurança viabiliza o foco no core bussiness.

Como ter uma liderança eficiente para gerir

Para obter resultados positivos e manter uma equipe eficaz para a gestão de segurança privada, é necessário dispor de uma liderança eficiente também. Aliás, estar sob uma liderança forte é crucial para garantir a qualidade dos processos de segurança corporativa.

Um bom líder para esse trabalho precisa se importar genuinamente com a segurança. Mais do que isso, ele deve saber sobre a origem dessa importância e estar consciente da relevância desse tipo de serviço para o funcionamento do negócio.

Isto é, ele deve ser capaz de enxergar e conter riscos, prevenir perturbações e estar preparado para lidar com situações críticas na organização.

Para uma liderança eficiente, o (a) gestor (a) deve ter uma visão direcionada para a segurança do empreendimento. Ele precisa conhecer as opções e modernidades disponíveis para o serviço e estar sempre atento aos próximos passos que deverão ser dados.

Entretanto, para essa visão ser compartilhada, esse líder precisa ter credibilidade aos olhos da equipe. Para que os colaboradores fiquem menos resistentes às mudanças e sejam influenciados pelas novas práticas, é fundamental que a liderança possua a confiança deles.

Para tanto, não é preciso cobranças desnecessárias e rigidez exagerada. Saiba se relacionar com o seu time de forma inteligente!

Por fim, vale ressaltar que a terceirização é uma ótima opção para simplificar processos! Afinal, trata-se de uma medida que pode ser um grande diferencial para melhorar a qualidade da gestão de segurança privada em sua empresa.

Gostou deste conteúdo e conhece alguém que possa gostar também? Então compartilhe com seus amigos nas suas redes sociais!

Sobre o autor

Seguridade

A Seguridade é uma empresa consolidada no mercado, atendendo toda a região Sul do país e o estado de São Paulo, nos tornamos referência nos segmentos de segurança privada, limpeza e conservação, jardinagem, bombeiros industriais, serviços de rh e outros serviços.

Deixar comentário.

Share This