Terceirização

Entenda a importância de dar treinamento para porteiros

entenda-a-importancia-de-dar-treinamento-para-porteiros.jpeg
Escrito por Seguridade

Manter os funcionários treinados é um importante passo para a continuidade e sucesso de qualquer negócio, independentemente do seu tamanho e faturamento. Isso ocorre porque pessoas competentes atendem melhor e produzem mais, coisas essenciais no mundo corporativo.

Segundo pesquisas, 68% dos clientes que deixam uma empresa, o fazem por conta da indiferença no atendimento — ou melhor, por causa de funcionários despreparados e desmotivados, que não conseguem atender com eficiência.

Para os serviços de portaria e recepção, essa atenção deve ser redobrada, pois geralmente são esses profissionais que têm o primeiro contato com o público. Assim, cordialidade, proatividade e simpatia são características indispensáveis.

Pensando nisso, desenvolvemos um post especialmente para você. Continue lendo, saiba mais sobre a importância de dar treinamento para porteiros e veja algumas dicas que preparamos:

5 motivos para dar treinamento para porteiros

Empresas que investem em recursos humanos têm desempenho até 51% melhor do que suas concorrentes, segundo artigo divulgado pela Harvard Business. Além desse, existem muitos outros motivos para investir no desenvolvimento dos profissionais.

Veja alguns dos principais relacionados ao serviço de portaria.

1. Passam a atender melhor ao público

Todo treinamento desenvolve três principais coisas: os conhecimentos, as habilidades e as atitudes de cada funcionário. Ao aprimorar esses quesitos, o porteiro consegue ser mais prestativo, atencioso e, consequentemente, trabalha melhor.

O atendimento de qualidade não é um diferencial, mas uma necessidade básica para qualquer empresa que queira continuar no mercado. Hoje, nenhum cliente aceita a ideia de ser mal atendido e, caso isso ocorra, ele decide gastar seu dinheiro em outro lugar.

Assim, fica evidente a necessidade de investir no treinamento dos profissionais para garantir um melhor atendimento e a satisfação das necessidades dos clientes. Lembre-se sempre: toda a empresa ganha quando um cliente é bem atendido.

2. Conseguem otimizar sua produção

De acordo com uma pesquisa divulgada pela Microsoft, que contou com a participação de 28 mil trabalhadores em 200 países — inclusive o Brasil —, os funcionários são improdutivos cerca de 17 horas por semana, mais de dois dias inteiros de trabalho.

Um dos principais motivos para isso, segundo a mesma pesquisa, é a falta de um treinamento adequado e contínuo dos profissionais. Isso também serve para os porteiros e recepcionistas, que passam todo o dia lidando com os clientes do empreendimento.

Se o trabalhador não for produtivo, ele não conseguirá entregar os resultados desejados pela empresa, além de não resolver os problemas como realmente deveria fazer. Assim, oferecer cursos e palestras é uma forma de melhorar a produtividade dos porteiros.

3. Conseguem elevar a segurança no estabelecimento

O porteiro tem um papel estratégico para manter a segurança da empresa e dos seus clientes, pois é sua função controlar a entrada e saída de cada pessoa do estabelecimento. Assim, ele é indispensável para manter a ordem do local.

Vale ressaltar que a segurança é uma necessidade básica do ser humano. Segundo Abraham Maslow, psicólogo norte-americano, a sensação de segurança é um quesito indispensável, sem ela os clientes não vão querer entrar em sua empresa.

Para isso, além de ter experiência e uma visão panorâmica, o porteiro deve ser treinado continuamente para executar suas atividades com o máximo de eficiência possível, sem perder o bom humor e a gentileza com os frequentadores do ambiente.

4. Ficam mais engajados e proativos

Treinar é uma forma de valorizar o trabalhador, demostrando que se importa com seu aprimoramento profissional e que deseja que ele cresça cada vez mais. Assim, o trabalhador fica engajado no exercício de suas atividades, algo ótimo para a empresa.

Porteiros engajados tornam-se mais proativos, seguros de suas atividades, defensores leais do empreendimento, fazem mais com menos e são mais atenciosos. Funcionários desmotivados, por outro lado, são desleixados e improdutivos, afetando todo o negócio.

Algumas vezes os porteiros sentem-se exclusos da empresa, pois não fazem parte dos treinamentos realizados, um grande erro. Todos os profissionais são importantes para o sucesso do negócio, do porteiro ao executivo-chefe, e todos devem ser treinados.

5. Diminui o número de erros de trabalho

Existem muitos gastos oriundos de erros internos, coisas que poderiam ter sido evitadas por funcionários capacitados para o desempenho de sua função. No caso dos porteiros isso também é valido, muitos dos erros só existem por falta de treinamento.

As falhas impedem o crescimento da empresa, prejudicam sua imagem no mercado e afetam o relacionamento entre as equipes internas. Desse modo, todo esforço para diminuir os erros e manter os profissionais qualificados é importante.

Treinar é uma forma de mitigar os erros de trabalho e, consequentemente, conseguir melhores resultados, elevar os lucros da organização e aprimorar a comunicação interna. Falhas recorrentes significam perda de tempo e dinheiro, coisas indesejadas.

Como ter porteiros sempre treinados

Como visto, são muitos os motivos para dar treinamento para porteiros, mas como fazer isso constantemente e com qualidade? Como contar com trabalhadores qualificados e motivados para exercer suas atividades? Veja duas possibilidades:

Implemente programas de treinamento In Company

A primeira possibilidade é oferecer treinamentos dentro da própria empresa, onde os porteiros possam assistir a cursos e palestras de qualidade. Os treinamentos podem estar associados ao atendimento, comunicação corporal e oratória, por exemplo.

Para definir qual treinamento melhor de adéqua aos trabalhadores, é necessário avaliar suas competências. O objetivo é identificar quais conhecimentos, habilidades e atitudes precisam ser aprimoradas. Isso deve ser feito por um profissional de RH.

Muitas firmas deixam de treinar seus funcionários dentro da empresa pelos custos que envolvem o assunto. Para implementar um treinamento é necessário investir na estrutura interna, contratar instrutores, imprimir apostilas e uma série de outros gastos.

Conte com a ajuda de uma empresa prestadora de serviços

Outra possibilidade, mais simples e que envolve custos menores, é a terceirização do serviço de portaria e recepção. As empresas prestadores de serviço oferecem profissionais experientes e treinados, que garantem um ótimo atendimento.

Além disso, nesse caso, todo o treinamento dos profissionais fica sob responsabilidade da empresa prestadora de serviços. Deixando você livre para focar nas decisões mais importantes e estratégicas para o empreendimento.

Agora que já conhece a importância de dar treinamento para porteiros, aproveite para receber novos conteúdos exclusivos em seu e-mail. Assine nossa newsletter!

Sobre o autor

Seguridade

A Seguridade é uma empresa consolidada no mercado, atendendo toda a região Sul do país e o estado de São Paulo, nos tornamos referência nos segmentos de segurança privada, limpeza e conservação, jardinagem, bombeiros industriais, serviços de rh e outros serviços.

Deixar comentário.

Share This