Sem Categoria

Melhore a relação entre vizinhos de seu condomínio em 9 passos

melhore-a-relacao-entre-vizinhos-de-seu-condominio-em-9-passos.jpeg
Escrito por Seguridade

Viver em condomínio pode trazer muitos benefícios em relação à segurança e ao conforto. Porém, nem sempre a vida em comunidade se faz só de vantagens. A relação entre vizinhos também é muito importante para manter a boa convivência, conservando o ambiente em que se vive sem estresse.

Em tempos de rotinas agitadas, muitas vezes não sobra tempo para conhecer os vizinhos, mas continua sendo necessário manter a organização e seguir as regras do condomínio para a convivência ser mais saudável, sem que um vizinho invada o espaço do outro.

Para isso, alguns pontos devem ser levados em consideração e algumas atitudes podem ser adotadas por todos para tornar o senso de coletividade mais latente, permitindo que todos possam viver felizes e em harmonia.

No texto de hoje, você vai conferir algumas dicas sobre o que fazer para melhorar a relação com seus vizinhos. Acompanhe!

1. Procure fazer acordos entre todos

Ter uma convenção no condomínio que diz respeito às regras de boa vizinhança sob os diferentes aspectos pode ajudar muito os condôminos na hora de saber quais são as boas práticas. Nela, pode-se abordar onde o lixo deve ser descartado, de que forma é preciso deixar a área de lazer depois de usá-la, regras para o uso do elevador, entre outras orientações.

Cada condomínio tem suas particularidades e os moradores devem ficar cientes e sempre atentos às suas regras e convenções para agirem de maneira correta, sem prejudicar os vizinhos.

2. Realize eventos coletivos

Que tal organizar um churrasco de confraternização no final do ano para todos os moradores? Atividades como um jogo de futebol semanal, contratar um profissional para dar aulas coletivas na academia ou um dia para reunir todas as crianças para um piquenique podem fazer bem à saúde de todos os condôminos e ainda unir vizinhos que nunca se falaram além do bom-dia.

3. Seja sempre franco, porém gentil

Se aquele vizinho do apartamento de cima é muito legal, porém tem um cachorro que late todos os dias quando ele sai para o trabalho, não é justo que você aguente esse incômodo só para evitar confusão.

A dica em situações delicadas como essa é deixar um bilhete amigável embaixo da porta, dando sugestões para diminuir o problema, como um telefone de um bom adestrador, a técnica de deixar uma peça de roupa com o cão, entre outras alternativas.

O problema só deve tomar proporções maiores quando as conversas amigáveis não surtirem efeito, fazendo com que o problema continue ali. Mas, antes de chegar a esse ponto, que tal conversar e tentar resolver a situação de uma maneira mais branda?

4. Mantenha a cordialidade sempre

Nunca se esqueça de que seus vizinhos são pessoas que dividem o condomínio com você e certamente você sempre as verá nas áreas comuns do prédio, subirá junto no elevador, enfim, será haverá um contato.

Mesmo que sua intenção não seja fazer novas amizades, manter a cordialidade nesses momentos de encontro é primordial. Desejar um bom dia, oferecer ajuda a alguém que está de mudança e segurar a porta do elevador são atitudes simples e que mantêm a boa relação com os demais moradores.

5. Tenha cuidado com os trajes

Evite desfilar pelo condomínio sem camisa, com roupas de banho ou pijamas. Mesmo que o local seja sua casa e que você vá descer rapidamente para levar o lixo, não custa nada colocar uma roupa. Você pode encontrar com alguém no elevador e constranger a pessoa, criando uma situação desagradável.

6. Seja prudente com o barulho

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a Lei do Silêncio vale para qualquer momento do dia, bastando que o barulho seja constante e que atrapalhe o vizinho. Porém, os condomínios costumam aderir à regra das 22 horas para festas e música alta.

É importante sempre respeitar o horário, lembrando que existem outras famílias, crianças, idosos e animais que podem se incomodar e acabar perdendo o sono por conta do som muito alto. Quando você extrapolar, o que pode acabar acontecendo vez ou outra, não custa nada chamar o vizinho para participar da festa ou até mesmo levar algumas flores para ele no dia seguinte, como um pedido de desculpas.

7. Prepare-se para as férias escolares

Nos períodos de férias escolares, proponha preparar atividades para que as crianças do condomínio possam se divertir e ainda manter contato com os vizinhos. Organizar rodas de leitura, um dia na piscina, jogos e brincadeiras para distrair os pequenos são ótimas opções.

Dessa maneira, você promove a amizade entre as crianças, conserva a empatia com os pais e ainda ajuda os pequenos a se livrarem do tédio, comum ao ficarem muito tempo dentro de casa.

8. Tenha paciência

Ficar arrumando motivos para discutir ou reclamar de um detalhe ou outro que não vai bem no condomínio pode fazer com que você ganhe o título de chato do prédio. Por isso, é importante ter paciência e entender que nem tudo é possível ou perfeito quando se vive em coletividade.

Relevar um dia de barulho do vizinho ou deixar para lá aquele condômino que esqueceu um dia de recolher a sujeira do cachorro pode evitar que você se estresse à toa.

9. Contrate serviços terceirizados

A burocracia com a contratação de funcionários é sempre algo que leva tempo e demanda uma administração mais cautelosa do síndico e dos moradores quando o assunto são os funcionários do condomínio.

Para reduzir o trabalho e até evitar discussões por conta de burocracias de contratação, o ideal é contratar empresas terceirizadas para os serviços de portaria, segurança e limpeza. Dessa maneira, as empresas são responsáveis por seus funcionários, desde a contratação e horário de trabalho até demissões e outros procedimentos que envolvem as leis trabalhistas.

A boa relação entre vizinhos depende da colaboração mútua de todos. Ficar sempre atento às regras e em suas mudanças — e, claro, segui-las rigorosamente — podem deixar você livre de alguns atritos que podem aparecer com os vizinhos. Além disso, promover situações que espantam o estresse e que almejam o bom convívio social faz com que a maioria se dê bem e se ajude nos momentos mais necessários. Afinal, vizinhos também podem ser bons amigos e colegas!

E então, você já checou se toma todas as atitudes corretas para manter um bom relacionamento com seus vizinhos? Compartilhe esse texto em suas redes sociais e incentive seus amigos a fazer o mesmo!

Sobre o autor

Seguridade

A Seguridade é uma empresa consolidada no mercado, atendendo toda a região Sul do país e o estado de São Paulo, nos tornamos referência nos segmentos de segurança privada, limpeza e conservação, jardinagem, bombeiros industriais, serviços de rh e outros serviços.

Deixar comentário.

Share This