Sem Categoria

Você sabe o que é ensinado no curso de formação de vigilantes?

Escrito por Seguridade

 

Com os índices de criminalidade em galopante crescimento nos últimos tempos, num cenário preocupante para a sociedade em geral, a procura por serviços de vigilância vem crescendo exponencialmente.   

Trata-se de uma necessidade das empresas e estabelecimentos em geral, que veem a real necessidade de proteção do patrimônio, oferecendo também condições de segurança para seus colaboradores, clientes e demais com quem se relacionam.

É notório também, o crescimento de oportunidades para profissionais que pretendam trabalhar nesse segmento, buscando para tanto, uma formação profissional com qualidade, que lhes possa garantir a qualificação, que venha ao encontro das necessidades do mercado, cada vez mais exigente.

Para tornar-se vigilante o interessado terá que fazer curso de Formação de Vigilante em Instituição habilitada e reconhecida pela Policia Federal.  Busque referências no mercado, certificando de informações como:  se esta instituição é certificada pelo órgão competente, há quanto tempo é atuante no mercado,  que estrutura física a Escola tem para oferecer o treinamento,  entre outros…

É no curso de Formação de Vigilante que o aluno será instruído e preparado para esta profissão.  Haverá todo o embasamento teórico e também aulas práticas, com técnicas que o capacitarão  ao emprego de suas atividades.  Vale a pena ressaltar que a postura do Vigilante em locais públicos tem contribuído para a manter a integridade patrimonial, proporcionando segurança às pessoas.

É valioso também que o vigilante tenha uma boa desenvoltura, saiba se relacionar com as pessoas, seja atencioso e atento a tudo e inclusive, que conheça de microinformática, para acompanhar a realidade de nossos tempos, onde grande parte dos controles são feitos por meios informatizados.

Se despertou seu interesse e curiosidade, bom sinal,  continue a leitura e veja algumas perguntas e respostas que podem elucidar as dúvidas iniciais:

 

Quais são os objetivos gerais do Curso de Formação de Vigilante?

É dotar o aluno de conhecimentos, técnicas, habilidades e atitudes que o capacitem para o exercício da profissão de vigilante, em complemento a segurança pública, incluídas  as atividades relativas à vigilância patrimonial, à segurança física de estabelecimentos financeiros e outros, preparo para dar atendimento e segurança as pessoas e manutenção da integridade do patrimônio que guarda, bem como adestramento para o uso de armamento convencional e o emprego da defesa pessoal.

Quais são os conteúdos ensinados no curso de formação de vigilantes?

O curso de formação de vigilantes conta com algumas disciplinas específicas, que permitem conhecimento completo sobre a área e suas possibilidades de atuação. Aqui está uma lista com as mais importantes e seus objetivos de aplicação na rotina de um profissional.

Dentre as matérias ministradas destacamos algumas abaixo:

Noções de segurança privada

Nessa disciplina, o vigilante desenvolve conhecimentos a respeito de legislação de segurança privada, entende melhor seu papel dentro da empresa e aprende quais são seus direitos e deveres. Além disso, adquire domínio sobre questões trabalhistas.

Legislação aplicada a Direitos Humanos

Propiciar ao vigilante conhecimento básico de Direito: a respeito de crimes, formas de prevenção e de ação quando eles acontecem, bem como a desenvolver a compreensão de se respeitar a diversidade do ser humano, a combater a prática discriminatória ao exercer a profissão.

Relações humanas no trabalho

Com essa matéria, o profissional aprende a realizar atendimento ao público, em especial a indivíduos que necessitam de prioridade, como idosos e pessoas com deficiência. Assim, seu convívio social se desenvolve melhor e ele garante um bom relacionamento com todos.

Prevenção e combate a incêndios

Incêndios são ocorrências comuns em ambientes privados. Mesmo que o espaço conte com um sistema de alarme, é fundamental que o profissional saiba quais providências a serem tomadas  diante de sinistro, principalmente a evacuação de prédios.

Primeiros socorros             

Emergências acontecem e ter noções de primeiros socorros também é importante para um vigilante. Com esse conhecimento, (ele) poderá salvar vidas até que o atendimento adequado chegue ao local.

Defesa pessoal

As aulas têm como objetivo repassar habilidades e técnicas de defesa pessoal em relação a terceiros. Caso o vigilante tenha acesso a armamentos, uma disciplina específica é ministrada com essa abordagem.

Vigilância

A disciplina de Vigilância visa conhecimentos sobre vigilância geral, patrimonial e especializada, como no caso de shoppings, hospitais, escolas e indústrias. Para cada tipo de ambiente, uma técnica diferente é exigida e o vigilante passa a dominar cada uma delas, além de entender como funciona um plano de segurança corporativa e qual seu papel nele.

Noções de segurança eletrônica

Um vigilante também deve saber como lidar com sistemas computadorizados e controles eletrônicos. Nessa matéria, ele desenvolve um conhecimento maior sobre sistemas de alarme, aprende a disparar alertas e a se comunicar com outros colegas.

Com o entendimento pleno de como o equipamento eletrônico funciona, as chances de cometer erros diminuem significativamente e a ação se concretiza com maior agilidade.

Qual é a importância de saber escolher um bom curso?

Toda decisão relacionada à vida profissional é sempre bem complicada. Mas fazer a escolha certa em relação a um bom curso de formação de vigilantes não é impossível. Para começar, é preciso analisar interesses e traçar objetivos para decidir que tipo de curso se encaixa mais no perfil. Existem aqueles de menor duração e outros voltados para diferentes setores, como segurança privada ou de transporte.

Também é indispensável pesquisar pelas opções disponíveis no mercado e verificar custo-benefício, carga horária e conteúdos ministrados. Se o curso não tiver, por exemplo, o mínimo de 200 horas de atividades, é provável que ele não contemple tudo o que deve ser aprendido. Por isso, vale a pena ter atenção e se dedicar por um momento a essa questão.

Por fim, saber escolher o melhor curso é uma forma de poupar seu tempo e permitir um planejamento mais acertado. Assim, um olhar mais abrangente para o futuro é lançado e o profissional se direciona melhor para trabalhar sempre com primor e foco.

Como isso influencia o perfil profissional do vigilante a ser contratado?

A formação profissional de um vigilante serve, também, para elevar a importância que esse profissional tem. Ele precisa garantir a própria segurança, a de um local e a de pessoas próximas. Por isso, ter um curso no histórico curricular é uma maneira de comprovar que o trabalhador está apto para exercer sua função com toda competência e atenção exigidas.

Além disso, esse tipo de capacitação é uma formalidade exigida pela Polícia Federal, que permite a contratação correta de acordo com as leis e que tenha seus direitos assegurados.

Estar bem preparado também significa receber remuneração melhor: quem sabe o que faz consegue agir com consciência diante de situações alarmantes, se posicionar com sugestões e propostas de melhoria do serviço e aprimorar constantemente a segurança de seu local de trabalho.

Para crescer na área de segurança, a experiência conta muitos pontos. Mais do que a vivência, é preciso estudar e ter conhecimento. Isso só pode ser adquirido por meio de um curso de formação de vigilantes. Por lá, o profissional também se mantém atualizado, exerce habilidades práticas e disciplinares e confirma seu compromisso com toda a sociedade.

Então, gostou de entender melhor sobre o que é ensinado no curso de formação de vigilantes? A Seguridade trabalha com a terceirização de serviços de segurança com profissionais capacitados. Se você tem interesse, entre em contato conosco! Nossa lista de unidades, telefones e formulário de contato está aqui.

Sobre o autor

Seguridade

A Seguridade é uma empresa consolidada no mercado, atendendo toda a região Sul do país e o estado de São Paulo, nos tornamos referência nos segmentos de segurança privada, limpeza e conservação, jardinagem, bombeiros industriais, serviços de rh e outros serviços.

Deixar comentário.

Share This